Seguro de moto como funciona?

Um bom motorista sempre presa pela sua segurança, e o mesmo acontece com os motociclistas. E um forma bastante eficaz, é fazer um investimento em um seguro de moto.

 

Acredito que você já saiba, que os seguros são muito importantes, em casos de imprevistos. Os mesmos garantem a sua segurança cobrindo varias despesas.

 

O que costuma acontecer, é que muitas pessoas não se importam, ou não são informadas. E acabam não realizando a contratação do seguro. E isso pode custar muito caro.

 

E pra entender melhor sobre essa modalidade de seguro, vamos explicar as principais características nesse artigo, leia atentamente.

 

Como funciona o seguro de moto?

 

Corresponde á um serviço de proteção para sua moto. Você realiza a aquisição do mesmo, com uma seguradora, e realiza pagamentos que possivelmente serão mensais, de acordo a proteção desejada.

 

Caso aconteça algum imprevisto, seja com a moto ou com terceiros, e os danos causados sejam cobertos pela apólice(contrato do seguro). Você terá uma compensação que será proporcional.

 

Esse seguro tem como objetivo, a proteção de você e dos terceiros envolvidos. Tendo assim uma reparação, quando ela for necessária e estiver no contrato.

Essas reparações podem incluir, as trocas de peças, o reboque a as situações emergenciais.

 

Qual a importância do seguro de moto?

 

Como já foi falado anteriormente, o seguro de moto é algo indispensável, para quem quer ter um auxilio caso ocorra algum imprevisto. Falaremos a seguir sobre alguns benefícios.

 

Diminuir prejuízos

 

Um dos objetivos desse seguro, é diminuir as perdas, que são ocasionadas em acidentes ou em problemas de funcionamento.

Com isso, mesmo que por acaso você se envolva em algum acidente, a seguradora vai cobrir as principais despesas. Dentre elas temos  a reparação e um possível translado dos veículos envolvidos.

 

Evitar altos custos inesperados

 

Quando se ocorre um acidente, além das situações das pessoas envolvidas. Um fator que pesa muito, são as despesas com o mesmo. E essas despesas chegam de uma vez só.

Assim pode haver um desequilíbrio das finanças. Já com o seguro, esse problema pode ser evitado, cobrindo as despesas para que não pese no seu orçamento.

 

Reposição do veículo

 

É muito importante ressaltar esse ponto. Que em caso de perda total do veículo, haverá a reposição do mesmo. Você receberá uma parte boa do valor, que seria necessário para adquirir uma moto nova, o que vai diminuir o tempo que ficará sem veículo.

 

Coberturas comuns desse seguro

Vale ressaltar que essa modalidade de seguro, tem diversas coberturas, que podem variar de uma seguradora para outra, vamos citar os mais comuns.

 

Roubo

 

Esse tipo de cobertura não pode faltar, infelizmente essa é uma situação que costuma acontecer. Essa cobertura ampara casos de assalto, nos quais o veículo é levado.

 

Furto

 

Geralmente essa cobertura é apresentada junto com a anterior. Embora pareçam semelhantes, elas tem diferenças.

No furto a sua moto é levada sem seu conhecimento, o que é diferente de roubo. Nessa cobertura tem a reposição da moto, visando um valor de referência estipulado na apólice.

 

Colisão

 

Esse tipo de cobertura é para acidentes e problemas. Cobre desde danos ao motor, a lataria e até nos amortecedores.

Muitos motociclistas  buscam essa cobertura, principalmente quando as peças da sua moto são difíceis de encontrar.

 

Reboque

 

Depois que ocorre o acidente, uma das maiores dificuldades é, retirar o veículo dali e levá-lo a uma oficina.

Esse tipo de cobertura oferece esse serviço, a fim de que você não fique sem apoio mediante essa situação.

 

Danos a terceiros

 

Quando ocorre um acidente, geralmente não é só você e o seu veículo que sofrem danos. Outras pessoas e outros veículos também podem sofrer.

Essa cobertura tem por objetivo, cobrir indenizações e reparações para os terceiros envolvidos.

 

Quanto custa um seguro de moto?

 

Especificar o valor do seguro de moto não é tarefa fácil, afinal existem alguns fatores que podem mudar o preço, e também as coberturas adicionadas, vamos detalhar alguns fatores que podem impactar no valor do mesmo.

 

Risco da área

 

O local onde o proprietário mora, e onde o mesmo costuma circular, são questões de risco a serem analisadas. Pois algumas localidades tem alto índice, de roubo, assalto e acidentes.

 

Cilindrada

 

Alguma motos tendem a ser mais potentes, e podem apresentar maiores riscos de acidentes. Outro fator importante, são as peças. O que vai impactar diretamente no custo para reposição e revisão da mesma.

 

Perfil do condutor

 

Se o dono da moto não tem o histórico favorável, ou seja, costuma se envolver em acidentes ou não é um bom pagador. O preço pode ser maior devido a esses fatores, que são levados em consideração.

 

Modelo

 

É importante ressaltar, que o modelo da moto faz muita diferença. Alguns modelos são mais caros, o que deixa o reparo também mais caro. E a indenização também será mais alta. E isso implica diretamente no valor.

 

Agora que você já sabe sobre esse tipo de seguro, é importante estar atento, quanto as melhores seguradoras, e as coberturas do seguro. Faça de acordo as suas necessidades.

 

 

AGUARDE 40 SEGUNDOS PARA BAIXAR.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *