Fluxo de caixa tudo que precisa saber

O que é fluxo de caixa? Ter em mãos o fluxo de caixa da empresa é importante? Saber sobre as receitas da empresa é essencial, visando tomadas de decisões mais assertivas.

 

Muitos gestores, por não ter o controle das finanças da empresa, tem impressões falsas, relacionadas as datas de vencimentos de contratos, ou até de picos de vendas.

 

Nesse sentido, pode-se gerar uma impressão, de que a empresa tem muito dinheiro em caixa, e consequentemente acreditar que está lucrando bastante.

 

Ter que tomar decisões, sem o controle de fluxo de caixa que seja eficiente, pode ser a ruína para quem tem um negocio. Por isso preparamos este artigo, para falarmos um pouco sobre esse assunto.

 

O que é fluxo de caixa?

 

É um movimentando de entrada e de saída, de recursos financeiros de uma empresa. É o que mantenha a empresa saudável.

 

As entradas correspondem a venda, seja ela de produtos, serviços, equipamentos, ativos da empresa, dentre outros. As saídas são os custos, e as despesas que a mesma tem.

 

Neste contexto temos dois cenários, quando as entradas são maiores que as saídas, denomina-se situação superavitária. E quando temos o contrário, é uma situação deficitária.

 

Um bom fluxo de caixa, é feito detalhadamente, com todas as entradas e saídas de dinheiro, com isso é possível fazer uma boa análise, pois tem dados suficientes para isso.

 

Tipos de fluxo de caixa

 

Existem vários tipos de fluxo de caixa, cada um com as suas características e objetivos. Abaixo vamos citar alguns.

 

Fluxo de caixa direto

 

Esse é um dos métodos mais utilizados atualmente, e tem relatórios diários. No fluxo direto, considera-se o calor bruto de cada operação financeira, sem considerar os descontos.

 

Fluxo de caixa indireto

 

Nesta modalidade, o balanço do patrimônio é usado. Com isso, considera-se a variação dos valores dos ativos em um determinado período.

 

E após contabilizar os lucros do período, o mesmo pode ser reajustado, tendo como base a amortização e depreciação. Com isso a empresa tem o seu valor presente no, Demonstrativo de Resultados do Exercício (DRE).

 

Fluxo projetado

 

Como o próprio nome já sugere, nesse tipo de fluxo, tem a projeção das receitas ou gastos. O mesmo tem a meta de prever tudo em um período futuro.

 

O mesmo não faz a utilização de valores de entrada ou saída de caixa, que já tenham sido concretizadas. Essa modalidade fazem com que, os gestores consigam preparar o orçamento, para que não haja surpresas no período atual.

 

Fluxo Operacional

 

Essa modalidade tem como foco, as receitas e despesas operacionais. Considerando assim, finanças que fazem o negocio funcionar.

 

Fluxo livre

 

Nesse tipo de fluxo de caixa, tem por objetivo, medir a capacidade de uma determinada gestão, na geração de capital. Costuma ter em um curto prazo um período de 60 a 90 dias, e no período de médio a longo prazo, em média de 2 a 5 anos.

 

Esperamos que tenha entendido o que é fluxo de caixa, e os tipos que existem, Lembrando que para que o mesmo seja bem feito, é necessário conhecimento na área. A fim de realizar um bom trabalho. Conhecimento é importante.

 

 

AGUARDE 40 SEGUNDOS PARA BAIXAR.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *