Fundos Imobiliários (FIIs): Como funcionam?

Muitos não sabem, mas é possível ganhar dinheiro com alugueis, sem ter que comprar um imóvel. Neste artigo vamos falar sobre os Fundos Imobiliários (FIIs).

Essa tem se tornado, uma excelente alternativa de investimento. Pois o para comprar um imóvel, o investimento tem que ser alto, e tem que ser pensado a longo prazo.

Com os Fundos Imobiliários é diferente, vamos entender a seguir.

O que são Fundos Imobiliários?

O fundo imobiliário é onde, investidores juntam os seus recursos, e com os mesmos reunidos, vão ser aplicados mercado imobiliário. Geralmente o dinheiro é usado, na construção e aquisição de imóveis.

Ao obter lucro com essas operações, os valores são divididos entre os investidores, na medida em que cada um aplicou.

Neste investimento, existe o gestor do fundo, que é quem toma as decisões. O mesmo sabe o que fazer com os recursos.

Lembrando que este investimento, pode ou não ser bem-sucedido, isso vai determinar a valorização, ou a desvalorização das cotas.

Como funciona o Fundo Imobiliário

Como dito anteriormente, o gestor faz o controle dos fundos. Acompanha diretamente o mercado, fazendo as análises e gestão do patrimônio do fundo, e tudo que tem dentro dele.

Assim que obtém os resultados, seja de perda ou de lucro, os mesmo são passados de forma igual aos investidores, que adquiriram as suas cotas, conhecidos também por cotistas.

Quanto mais cotas um investidor adquire, maior tende a ser o seu lucro, ou a sua perda.

Rendimento Fundo Imobiliário

As perdas ou os lucros, vem de acordo o desempenho dos ativos. Tudo vai depender de onde o patrimônio esta alocado.

Os lucros devem ser distribuídos, obrigatoriamente no mínimo a cada seis meses. Mas na maioria dos casos, esses lucros são distribuídos mensalmente.

Mas isso depende, da política de investimento do fundo.

Esse investimento pode ser isento, do Imposto de Renda para pessoa física, em alguns casos, como por exemplo:

O fundo tiver no mínimo 50 cotistas, as cotas são negociadas na bolsa de valores e os cotistas tem menos 10% das cotas do fundo.

É importante ressaltar que, para fazer esses investimentos, é necessário fazer muitas análises.

Se decidir realizá-lo procure ajuda de um especialista, que vai te auxiliar nesse investimento.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *